domingo, 1 de abril de 2012

1º de Abril.




É gente, o dia da mentira. Usei como inspiração para o post de hoje. 
O olho humano tem capacidade para apreender várias zonas simultaneamente, mas nem todas com a mesma nitidez. O que causa a ilusão de ótica, em alguns casos.
Pesquisei objetos, arte e tudo de ilusão pra vocês. Eu adorooo, é instigante, curioso e criativo!


No lavabo o adesivo de pilha de livros, dá a sensação que vai desabar.








Este trabalho é do designer John Leung da empresa ClarkeHopkinsClarke Architects. Ele criou a “Bias of Thought”, uma prateleira muito interessante, e que pode dar um nó na cabeça de quem a vê, pois usa técnicas de ilusão de ótica, o que deixa ela como uma peça muito diferente para vários tipos de ambientes: 














O que você vê é um divertido adesivo com efeito 3D, lançado nos U.S.A pela empresa COUTURE DECÓ. Tem diferentes modelos, que mostra armários, livros, corredores entre outras imagens.
Vendidos pela internet os preços variam entre US$279 a US$310 ” 





















A mesa lateral Ilusion, de acrílico, parece flutuar. Mas, se prestar atenção, verá que pequenas partes tocam o chão, suficientes para dar firmeza ao móvel. Sai por R$ 1.900 na Conceito Firma Casa. Os italianos da Seletti criaram uma divertida linha de utilitários de vidro, que remete a peças ordinárias, de plástico, como estas garrafas, R$ 119,90 a maior e R$ 89,90 a menor, e copos, R$ 209,90 (seis peças), encontrados na Suxxar. Detalhe da luminária prato, criação do Estúdio Manus, R$ 776. 
Ao fundo, foto (40 x 60 cm) de Ana Casati. 








A cadeira cortada, ou “Cut Chair” – nome original de batismo -, oferece, ainda que pareça muito difícil, um lugar estável para você se encostar. 




Isso porque o criador dela, Peter Bristol, inventou um tipo de ilusão de óptica. A cadeira é mantida, então, por uma placa escondida por um tapete bem grosso, que esconde as 3 bases muito bem colocadas e que mantém a estrutura. 












Há inúmeras formas de criar a ilusão de espaço num determinado ambiente, esta é sem duvida uma curiosa e divertida ideia de Bauke Knottnerus. 














Salvador Dalí foi um dos maiores expoentes do movimento artístico conhecido como Surrealismo. Seus quadros são conhecidos pelas combinações das mais bizarras possíveis entre imagens e cores que criam universos inimagináveis.




Esse é um dos quadros mais famosos dele é ”A Persistência da Memória”, entre outras coisas, por conta dos relógios derretidos e escorrendo na paisagem que já inspiraram muitas outras criações, inclusive está no design que você vai ver agora: 





Bacana? Quer comprar? Tem pra vender nesse site: http://www.thinkgeek.com/homeoffice/lights/e7f1/







Decoração barata. Vejam só que ilusão linda que foi criada nesse ambiente, apenas com a colocação de um adesivo na parede. 








Vai cair!!! Não cai não… é apenas ilusão e bom design! Da autoria da Richard Bell Design, o Bubble Tank é um aquário muito, muito original. 








A reprodução de um mancebo na parede revela uma boa surpresa. Nas pinturas abaixo, foram colocados ganchos de verdade para serem penduradas roupas, bolsas e chapéus. 







Ilusão no papel de parede. As linhas trabalham nos espelhos das tomadas, porta e quadro.



Nesse a iluminação trabalha junto com o desenho do papel de parede, olha que efeito legal!







O adesivo colado no chão e na parede, faz com que pareça uma escada!









E aqui, a "Sala da Relatividade" que foi a grande atração de uma exposição, onde os visitantes entravam literalmente numa obra Escher! Um truque de perspectiva dava a ilusão de aumentar e diminur o tamanho de quem entrasse nela. 






Simples, como a luminária mostrada mais a cima.. um aparador de adesivo. Ficaria legal fixar uma prateleira de vidro. Assim o adesivo pareceria ser o pé da mesa, e ficaria mais real podendo colocar qualquer coisa na prateleira.









Em vez de apenas janelas simples no telhado da casa, ilusão de par de olhos no local atrai qualquer olhar. 






Para quem pensa que papel e adesivo de parede é só para dentro de casa, aí está a grande ideia da "corrida entre os prédios". 




Me inspirei, e no próximo post, vou falar sobre obras em 3D. As fantásticas obras. Beijo.